30 de março de 2014

Projeto: Páscoa - Atividades



Algumas sugestões de atividades para seu projeto de páscoa. Leiam também: Na Sala de Aula: Páscoa na Educação Infantil


Atividades para colorir e cartões de páscoa.




Caça aos ovos.
Nas manhãs de pascoa no E.U.A. as crianças percorrem toda a vizinhança em busca dos ovos escondidos, é uma tradição super saudável que pode ser aderida a nossa realidade escolar. Muito divertido!


Pintura Livre.




Mobile Páscoa





Imagens: activityvillage.co.uk



Nesta páscoa, assim como em todas as outras, não engane seus alunos com a ideia capitalista que diz que esta celebração é apenas ovo de chocolate e coelhinho. Mostre a eles o verdadeiro sentido da páscoa. Se tiver a oportunidade ou o desejo passe este vídeo pra eles, fala sobre a verdadeira história da páscoa. É lindo e emocionante, tenho certeza de que eles irão entender!!! Cole o link no site que baixa vídeos do youtube, é só colar o link do vídeo abaixo e clicar em download. Se ainda não o conhece dê uma olhadinha.

A verdadeira História da páscoa



Beijos , Stela Santos

26 de março de 2014

O Jacaré - Atividades

Em resposta ao pedido de nossa amiga e leitora NANA ARAÚJO, que é professora da Educação Infantil na rede municipal de Natal, nossa postagem de hoje é sobre o JACARÉ! Isso mesmo, esse é o tema do projeto de nível II que Nana está executando. Ai vão algumas sugestões e ideias para quem pretende usar esse tema, ou pegar atividades para a aula de ciências.

Músicas:

Atividades:
jacaré sanfona
 imagem:ensinar-aprender.com.br
imagem: ensinar-aprender.com.br

Quebra cabeça do jacaré.

annacrafts.wordpress.com


Jacaré na mão (pintura)
imagem: mirellaazenha.blogspot
Construindo um jacaré.
imagem: mirellaazenha.blogspot

Jacaré de papelão

imagem: mirellaazenha.blogspot




Espero que todos tenham gostado,
Um beijão,
Stela Santos


17 de março de 2014

SETE PECADOS CAPITAIS DOS EDUCADORES (Augusto Cury) Refletindo a prática pedagógica!


Achei muito interessante e coerente resolvi compartilhar com vocês!


SETE PECADOS CAPITAIS DOS EDUCADORES

(Augusto Cury)






1)- Corrigir publicamente: Jamais deveria expor o defeito de uma pessoa, por pior que ela seja, diante dos outros. Valorizar mais a pessoa que erra do que o erro da pessoa.

2)- Expressar autoridade com agressividade: Os que impõem sua autoridade são os que têm receio das suas próprias fragilidades. Para que se tenha êxito na educação, é preciso considerar que o diálogo é uma ferramenta educacional insubstituível.

3)- Ser excessivamente crítico: obstruir a infância da criança. Os fracos condenam, os fortes compreendem, os fracos julgam, os fortes perdoam. Os fracos impõem suas idéias à força, os fortes as expõem com afeto e segurança.

4)- Punir quando estiver irado e colocar limites sem dar explicações: A maturidade de uma pessoa é revelada pela forma inteligente com que ela corrige alguém. Jamais coloque limites sem dar explicações. Use primeiro o silêncio e depois as idéias. Diga o quanto ele é importante, antes de apontar-lhe o defeito. Ele acolherá melhor suas observações e o amará para sempre.

5)- Ser impaciente e desistir de educar: É preciso compreender que, por trás de cada jovem arredio, agressivo, há uma criança que precisa de afeto. Todos queremos educar jovens dóceis, mas são os que nos frustram que testam nossa qualidade de educadores. São os filhos complicados que testam a grandeza do nosso amor.

6)- Não cumprir com a palavra. As relações sociais são um contrato assinado no palco da vida. Não quebre. Não dissimule suas reações. Seja honesto com os educandos. Cumpra o que prometer. A confiança é um edifício difícil de ser construído, fácil de ser demolido e muito difícil de ser reconstruído.

7)- Destruir a esperança e os sonhos. A maior falha que podem cometer é destruir a esperança e os sonhos dos jovens. Sem esperança não há estradas, sem sonhos não há motivação para caminhar. O mundo pode desabar sobre uma pessoa, ela pode ter perdido tudo na vida, mas, se tem esperança e sonhos, ela tem brilho nos olhos e alegria na alma.

texto: Pedagogicamente falando.



Beijos, Stela Santos



7 de março de 2014

Dobraduras para o dia das Mulheres, 8 de Março.

Dessa vez fiquei em clima de feriado e  esqueci dessa data que é tão especial: 8 de Março dia internacional das mulheres.



Um pouquinho de História.
Ao longo da história, as mulheres estiveram sempre subjugadas às vontades dos homens, a trabalhar como serviçais, sem receber nada pelo seu trabalho ou então ganhavam um salário injusto, que não dava para sustentar sua família.
A discriminação era tão grande e séria que chegou ao ponto de operárias de uma fábrica têxtil serem queimadas vivas, presas à fábrica em que trabalhavam (em Nova Iorque) após uma manifestação onde reivindicavam melhores condições de trabalho, diminuição da carga horária de 16 para 10 horas diárias, salários iguais aos dos homens – que chegavam a ganhar três vezes mais no exercício da mesma função.

Porém, em 8 de março de 1910, aconteceu na Dinamarca uma conferência internacional feminina, onde assuntos de interesse das mulheres foram discutidos, além de decidirem que a data seria uma homenagem àquelas mortas carbonizadas.

No governo do presidente Getúlio Vargas as coisas no Brasil tomaram outro rumo. Com a reforma da constituição, acontecida em 1932, as mulheres brasileiras ganharam os mesmos direitos trabalhistas que os homens, conquistaram o direito ao voto e a cargos políticos do executivo e do legislativo.
Mas a mulher não desiste de lutar pelo seu crescimento, o dia 8 de março não é apenas marcado como uma data comemorativa, mas um dia para se firmarem discussões que visem à diminuição do preconceito, onde são discutidos assuntos que tratam da importância do papel da mulher diante da sociedade, trazendo sua importância para uma vida mais justa em todo o mundo.
Trechos do Texto de Jussara de Barro no Portal brasilescola.


Algumas ideias fáceis e lindas ^^
Dou preferência a dobraduras pois é bem fácil e as crianças podem fazer para entregar a mulher mais importante da vida delas.  =) 

Tulipa
tulipa picotada

marcador de tecido e EVA

serra de unha
rosa ^^ é linda

coração

flor simples



marcador de página
 Fonte: Imagens da internet

Hoje foi corridinho, mas espero que gostem!




                             
                             Beijos, Stela Santos


1 de março de 2014

MINHA FANTASIA DE CARNAVAL : PROFESSORA! De Rosângela Ribeiro - Refletindo a prática pedagógica.

Este texto eu li no Blog rosangelacorujademinerva.blogspot.com.br da Dra. Rosângela Ribeiro. Gostei muito, tentei entrar em contato com a autora mas não consegui. Mesmo assim estou compartilhando ele com vocês. Espero que leiam e reflitam na real situação da educação brasileira.

 

imagem: pensamentosadois.tumblr.com

 MINHA FANTASIA DE CARNAVAL : PROFESSORA! 

 Fui ao SAARA no RJ comprar minha fantasia de carnaval pra este ano. Na loja a prestimosa vendedora perguntou se podia ajudar. Solicitei uma fantasia de professora . Sem titubear ela informou ter vários modelos e se queria profª do estado, município ou rede privada. Surpresa com tamanha facilidade e opções, pedi as tres redes de ensino porque seria uma para cada dia de folia. Logo depois a vendedora comparece com uma fantasia de palhaço bem colorida , nariz vermelho , cabeleiras de várias cores e outros acessórios. Explicou que os acessórios que seriam pendurados na frente e nas costas da roupa é o que determinavam a rede de ensino do professor.. Achei interessante e perguntei os preços com as específicas  identificações. Respondeu-me a prestimosa vendedora:
  - A fantasia de "fessora" do estado é a mais cara porque a palhaçada toda é maior ; a fantasia de  professora do município o preço é intermediário  porque bastava carregar pindurada na frente  da fantasia a placa "  IDEB EU APOIO"  e atrás a placa " SIRVO E OBEDEÇO "  e a fantasia de "tia" da rede privada um pouco mais cara em relação a anterior porque  o material das placa é mais sofisticado , a da frente "CLIENTE TEM RAZÃO"  e atrás a placa  "EM QUE POSSO AJUDAR?".
  A prestimosa vendedora ainda mostrou vários pequenos acessórios que deixariam a fantasia mais criativa e personalizada. Comprei caixas de remédio imitando rivotril e fluoxetina, imitação de atestado médico escrito BURNOUT, botons escrito "NÃO SOU PROFª DE PORTUGUÊS OU MATEMÁTICA MAS SOU FELIZ" , "PAIS E ECA UNIDOS JAMAIS SERÃO VENCIDOS!" , "SE DEUS É POR NÓS..." . Enfim, tinha tantos penduricalhos que cada fantasia seria única.
  Ainda surpresa com a facilidade das compras, pensei que iria andar muito sob o calor do RJ mais intenso do que o do Saara , perguntei a prestimosa vendendora por que havia tantas fantasias para professor, há muita procura? Respondeu-me:
 - Como fantasia sim. Trabalho vários anos em loja de fantasias e percebo que a fantasia forte no mercado tem duas qualidades, excluindo as clássicas e tradicionais : ou é motivo de chacota na época como os políticos ou está morrendo como realidade e virando figura  mítica , o caso do professor. Estas vendem à beça!
   Em silêncio fui ao provador e diante do espelho virei de um lado a outro olhando-me fantasiada com muita atenção. De repente, o que seria motivo de alegria: a fantasia, o carnaval e a folia, tudo ali  transformou-se numa tristeza profunda. Lembrei da minha realidade como psiquiatra, as caixas verdadeiras de rivotril e fluoxetina prescritas nos cérebros dos mestres ,o crescente diagnóstico de esgotamento profissional (  Síndrome de Burnout) nos professores, sua perda de autoridade e identidade profissional, seu choro sofrido nas consultas, seu medo de perder o controle, não mais da regência de turma, a regência  já vem perdida  da sala, quarto e cozinha da moradia  do aluno, mas o medo da perda de controle do seu próprio self;  alvo do ódio e abandono de crianças e jovens com suas famílias míticas e políticas educacionais de chacotas. Devolvi a fantasia, pra quê carnaval?

    Dra. Rosângela Ribeiro

ps: Querida autora, caso não autorize a divulgação deste conteúdo neste blog, por favor entre em contato conosco e faremos a remoção.








Bom feriado !
Beijos Stela Santos.